A História do Dinheiro

   

         Muitos de nós não tivemos a oportunidade ,de nos educarmos em  uma matéria muito importante na vida de qualquer pessoa, o dinheiro. O dinheiro para saber ganhar, poupar,  investir e gastar dinheiro precisamos antes de mais nada conhecer  um pouco, mais sobre a invenção da moeda. Você sabe como surgiu o dinheiro?  Surgiu do  individualismo das pessoas  de quererem cada vez mais, o dinheiro envolve troca de uma mercadoria ou  alguma coisa parecida ao dinheiro, surgiu pois cada coisa possui um valor . 

        No começo pimenta era dinheiro, sal era dinheiro depois com a evolução aí entrou o metal e assim por diante.   A moeda surgiu para uniformizar os mecanismos de troca de valores entre as pessoas ,antes da invenção da moeda  o sujeito que queria comer uma maçã tinha que negociar com o vendedor por qual produto dos que ele tinha em mãos esse vendedor aceitaria trocar. Já deu pra perceber que não devia ser uma negociação assim fácil, muito menos pra naquele tempo uma maçã poderia valer um quilo de trigo ou meio quilo de sal ou mesmo dois peixes secos, vai saber tudo depende do que o comprador tinha a oferecer em troca da maçã e da necessidade que o vendedor tinha daquela mercadoria.

       Naquele momento essa forma de comercialização com base em trocas de mercadorias muito comum na antiguidade era conhecida por escambo, aqui no Brasil a prática do escambo foi muito comum na  época da colonização.Lá atrás o homem já procurava formas de praticar o comércio e foi com isso em mente que se buscou algo que fosse aceito por todo o mundo,como moeda de troca que a solução ideal foi encontrada nos metais, as moedas de metal são mais práticas fáceis de carregar e se necessário ainda podem ser divididas facilmente em valores menores.

     A criação da moeda como unidade de valor também facilitou muito as transações comerciais de produtos e serviços porque com ela passou a ser possível um sistema claro de preços, um saquinho de pipocas custa duas moedas vai querer com queijo mais uma moeda e por aí vai. Outro aspecto interessante da criação de uma economia monetária é que as pessoas passaram a poder optar entre consumir imediatamente ou poupar seus recursos para consumir no futuro tudo isso porque a moeda também funciona como reserva de valor. Agora Existe uma diferença entre moeda e dinheiro, todo dinheiro é moeda mas nem toda moeda é dinheiro .

     O dinheiro, ou seja, as cédulas e as moedinhas de metal são apenas os meios mais tradicionais de troca que conhecemos, mas a história da moeda não parou por aí hoje em dia falamos em dinheiro de plástico ou era virtual moeda eletrônica são todos os cartões de crédito e de débito as transações pela internet e um monte de outras ferramentas eletrônicas que no dia a dia nos ajudam a realizar nossas compras. Na economia moderna o dinheiro  possui basicamente três funções: a primeira e a principal delas é que ele serve como um facilitador o intermediário nas trocas uma moeda aceita por todos facilita a comercialização de produtos e serviços; também aprendemos que serve como unidade de valor ou seja ele traduz o valor que é dado às coisas produzidas em nossa sociedade ;além dessas funções uma outra característica muito importante do dinheiro é que ele pode ser reserva de valor o que quer dizer que economizando hoje é possível a gente usar nosso dinheiro no futuro.

      Pois há formas de preservar o seu poder de compra, na verdade a base de uma boa educação financeira está fortemente apoiada nesta última característica do dinheiro saber planejar sua vida financeira,     Significa antes de mais nada saber consumir, mas também poupar e administrar seus recursos e pra isso é necessário que a gente também entenda um pouco como o dinheiro circula. Em primeiro lugar é preciso apresentar quais são os principais agentes em ação na nossa economia e levarmos em conta somente o ambiente interno. São três os principais agentes econômicos: famílias, empresas e o governo.

      As famílias e as empresas atuam juntas formando o sistema de produção nesse sistema as famílias ajudam as empresas a produzirem bens e serviços recebendo em dinheiro pelo seu trabalho. por outro lado grande parte do que as empresas produzem acaba mesmo na casa das famílias, que também usam dinheiro na hora de consumir. Mas o nosso sistema econômico não estaria completo se deixássemos de fora um terceiro importante a gente o governo de forma geral podemos dizer que a função do governo é ampliar o bem estar social para alcançar seu objetivo.

    Ele também precisa da mão de obra das famílias, assim como dos produtos e serviços das empresas .A renda do governo como bem sabemos vem da cobrança de impostos , que são voltados a oferecer serviços básicos que a sociedade necessita. E é assim através do relacionamento desses três agentes que se cria todo o ciclo econômico do país.