História do Capitalismo

 

 

       As revoluções industriais  tem suas origens junto com o processo de grandes navegações, descobertas promovidas pelas potências europeias no século 16 é pouquinho de século 17. As potências europeias passam a investir grandes capitais na descoberta de novas regiões a serem exploradas ,e consequentemente passam aprofundar determinadas relações capitalistas. como as relações comerciais inicialmente o cafezinho comercial, vai estar centrado nas questões ligadas aos metais. 

       Esse capitalismo comercial evoluiu sobretudo guiado pela Inglaterra, as relações ligadas a tecidos e outros produtos industriais dentre as novas formas de exploração. A forma mais típica é ligada ao processo inglês de evolução é aquela baseada na exploração de matérias primas e busca por mercados consumidores para os produtos industriais inglês.

        Neste momento com a dianteira tomada pela Inglaterra, o capitalismo sai de um estágio meramente comercial e atingir um estágio mais industrial esse estágio industrializado da revolução capitalista que nós denominamos de capitalismo industrial. o capitalismo industrial é marcado pela liderança inglesa essa liderança sobretudo em função do domínio inglês de algumas tecnologias fundamentais.

      Ali entre século 18 e início do século 19 sobretudo tecnologias ligadas às ferrovias e as navegações a Inglaterra ao promover um processo de propagação de sua tecnologia ou de conseguir novos mercados consumidores e acumular novos capitais. Porém não esteve sozinho, nesse processo França, Holanda que Estados Unidos japão são ações que junto com a Inglaterra faz parte de um processo revolucionário um pouco mais avançado, conforme veremos mais adiante entretanto esse processo de evolução do capitalismo foi adquirindo novas características ao longo do século 18 e princípios do século 19 no princípio do século 19 a tecnologia.

      Foi adquirindo cada vez mais importância no contexto da estrutura produtiva mundial as empresas que incorporassem novas tecnologias, certamente cresceriam mais incorporaram novos mercados aos poucos essas empresas começaram a atingir mercados cada vez mais distantes e para atingi-los necessitavam de cada vez mais capital. Neste momento em que as empresas necessitavam de novos recursos surgiram figuras importantes dos bancos, conforme os bancos em adentrar na atividade produtiva seus vínculos com as indústrias se tornavam cada vez maiores, e aquele capitalismo industrial focado apenas na indústria acabou ultrapassando outras fronteiras e necessitou também de uma participação financeira.

     Neste momento no qual as indústrias passam a se vincular a bancos e a seus empréstimos. O capitalismo industrial começa a adquirir uma certa face de capitalismo financeiro, o capitalismo financeiro desenvolvido a partir desta associação entre indústria e bancos foi adquirindo novas características conforme as revistas cresciam agora financiado pelos bancos. Tinham a capacidade de atingir o mercado de cada vez mais distante e adquiriram  cada vez mais significativos e cada vez se tornaram mais competitivas, essa ampliação da capacidade competitiva gerou um cenário de concorrência cada vez mais acirrada, conseqüentemente empresas menos adaptadas ao processo de competição tão intenso,que  agora que as grandes empresas possui um grande capacidade de capitalização foram aos poucos sendo excluídas do processo.

      Esse processo de predominância de grandes empresas e exclusão de pequenas empresas acaba gerando um processo muito importante, um processo conhecido como oligopolização ou monopolização o que vem a ser a única organização ou localização.

     É um processo marcado pelo domínio de determinado setor econômico, esse domínio tem de ser exercido poucas empresas para que nós possamos chamar de oligopólio, pois se apenas uma empresa exerce domínio aí trata se de um monopólio, e não mais um oligopólio. Ficou clara a diferença entre monopólio e oligopólio. Monopólio é o controle exercido de um determinado setor por apenas uma empresa.

     Vamos exemplificar o que seria um monopólio no caso brasileiro os correios e telégrafos exerce um monopólio, para enviar a sua carta, não SEDEX, não o seu pacote , mas a sua carta. Você vai enviar através dos correios, o monopólio nós que estivemos em várias outras situações, por exemplo, nas companhias aéreas nós temos algumas poucas empresas que oferecem o serviço de voo internacional ou nacional. Trata se de um oligopólio não é apenas uma única empresa como os correios. Mas nós temos algumas poucas empresas que controlam esse deslocamento de pessoas pelo país e internacionalmente. Por exemplo Gol,Tam e outras empresas nacionais agora compreendemos através de exemplos o que é um monopólio e oligopólio.

     Podemos concluir a análise da evolução do capitalismo retomando brevemente alguns pontos, começamos com o capitalismo em seu estágio comercial é o capitalismo comercial, basicamente em trocas comerciais entre colunas metrópoles que foi evoluindo aos poucos para as trocas de industriais também neste momento as trocas que envolviam produtos industriais.

      Iniciar um novo estágio capitalista denominado de capitalismo industrial esse capitalismo industrial foi evoluindo as empresas as indústrias cresciam se vincular uma bancos passaram a dominar mercados. Conforme o capitalismo evoluir nesse sentido, de crescimento das empresas de financeirização dessas empresas surgiu uma nova forma de evolução do capitalismo que é o que nós conhecemos como capitalismo monopolista financeiro, tendo em vista que grandes empresas controlam grande parte deste mercado ou controlam todo o mercado e os bancos sem participam nestes financiamentos.